Vício: Como se libertar da dependência?

Vício: Como se libertar da dependência?

Você possui algum vício? Está tentando se libertar de algo? Precisa de ajuda ou de respostas?

Hábitos e os seus resultados:

Antes de tudo, é preciso entender que, cada um de nós possui entre suas características pessoais, os hábitos (bons ou maus) que nos diferem (ou igualam) dos demais e que acabam nos dividindo em grupos, comunidades, ou organizações! Em alguns casos, resultam em “liberdade” ou “prisão”.

Os hábitos ocorrem de forma inconsciente e automática, dispensando uma decisão específica. O que no início estava em fase de “adaptação”, agora acontece de modo “natural” e mecanizado!

Quando nossos hábitos são bons, nos aproximam dos demais, servem para criar algo novo, para inovar o que vinha sendo feito e, principalmente, nos mantém livres. Essa liberdade possui um sentido muito mais amplo do que o físico ou tangível! Refiro-me a algo que não podemos ver ou tocar, mas que está presente em todo o universo: o mundo espiritual.

De modo contrário, os hábitos maus nos afastam de nossos semelhantes, pois incomodam, causam dependência (em todos os sentidos) e, num estágio avançado, destroem qualquer tipo de relacionamento. As pessoas nessas condições, não aceitam sua dependência nem mesmo os estragos que estão causando a si mesmas e aos outros, passando a viver em uma prisão (que também deve ser considerada de forma intangível). Neste caso, denomina-se: Vício.

Os tratamentos convencionais:

Para aqueles que se encontram nesta situação, existem inúmeros tratamentos que são realizados, trazendo grandes resultados e avanços nesta questão. Contudo, se o problema não é apenas físico ou psicológico, mas principalmente espiritual, o que mais poderia ser feito para ajudar alguém nessas condições?

Na Palavra de Deus, encontramos orientações que nos ajudará a superar qualquer tipo de vício. Seja ele químico, alcoólico, pornográfico, ou qualquer outro! Não importa!

Veja o que diz em Salmos 40:1-5:

  • Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no SENHOR. Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira. Muitas são, SENHOR meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar (Sl 40:1-5).

As pessoas que se entregam a um vício e deixam de viver por conta disso, são verdadeiros “troféus” de Satanás. Você foi criado por Deus à Sua imagem e semelhança. Busque-O de todo coração! Ele está pronto para lhe ajudar!

Encontre ajuda para o vício:

  • Provérbios 23:29-35;
  • 2 Corintios 5.16-21;
  • Efésios 4.22-24.

Para meditar:

Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor (Sl 40:1).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

 

Adicionar a favoritos link permanente.

4 Comments

  1. Os tratamentos são importantes, mas a verdadeira ajuda encontramos na Palavra!
    Parabéns irmão!

  2. Estudo muito bem colocado! O problema muitas vezes não é tratado na raíz.

  3. Preciso de ajuda para entender um pouco mais sobre o assunto! Obrigada

    • Olá Keila, tudo bem?
      Desculpe a demora na resposta. Estou retomando os trabalhos com o blog.
      Pode falar, minha amiga. Quais suas dúvidas?
      Espero poder ajudar-lhe.
      Fica na Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *