Novo Testamento: O verdadeiro início

Novo Testamento: O verdadeiro início

Será que o Novo Testamento (NT) começa em Mateus 1? E se este não for o verdadeiro início? Mudaria algo no que foi ensinado a você? Vamos meditar um pouco?

Importante:

Antes de tudo, precisamos entender que, um testamento somente passa a vigorar quando há a morte do testador. Partindo deste princípio, fica claro que o NT começa exatamente na cruz de Cristo e não em Mateus 1! Veja o que diz em Hebreus 9:15-17:

  • E por isso [Cristo] é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna. Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador. Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive? (Hb 9:15-17).

Com este entendimento, veja um pouco sobre a vida terrena de Cristo:

Ele veio para cumprir toda a lei em nosso lugar (pela lei, ninguém pode ser salvo) e, desta forma, nos resgatar desta maldição (Gl 3:10). Quando Jesus disse que não veio anular a Lei, mas cumpri-la, era exatamente por este motivo! A nova aliança ainda não estava em vigor. Sendo assim, Cristo apresentou sacrifícios no Templo; foi circuncidado (Lc 2:21); fazia tudo conforme a Lei do Senhor desde pequeno (Lc 2:39). Contudo, toda sua vida humana ocorreu debaixo da Antiga Aliança.

Você se lembra das últimas palavras do Senhor na cruz? Ele disse: “Está consumado”! (Jo 19:30). Dito isso, curvou a cabeça e entregou o espírito.

Após este acontecimento, o véu do Templo se rasgou de cima a baixo (Mc 15:38). E sabe por quê? Naquele exato momento, entrava em vigor o NT! O princípio de uma nova aliança, um novo acordo, um novo pacto! Hoje, estamos debaixo da graça! Jesus pagou pelos nossos pecados e cumpriu toda a lei em nosso lugar! Ele é o nosso Sumo Sacerdote (Hb 2:17) e não precisamos mais de um sacerdote no Templo sendo mediador entre nós e Deus. O véu foi rasgado, lembra? Cristo é nosso Mediador e nos deu acesso direto ao Pai por meio dEle.

Você se lembra de quando foi dito: “Derrubai este Templo e em três dias o levantarei”? (Jo 2:18). Naquele momento, os judeus zombaram, mas não foi o que ocorreu? Jesus falava de seu próprio corpo (Jo 2:21). Ele morreu, ressuscitou ao terceiro dia!

A verdade deve ser revelada. E agora, compreendendo o verdadeiro início do NT, podemos sair do engano que é pregado em inúmeras instituições religiosas nos dias de hoje!

Cristo é o centro do Antigo e do Novo Testamento:

A Palavra de Deus foi escrita tendo Cristo como centro de toda a revelação. Moisés, os profetas, os fatos históricos, tudo falava de Cristo! A antiga aliança é importante sim, pois aponta para uma aliança superior, inquebrável e perfeita! Note abaixo estes versículos:

  • Pois se aquela primeira aliança fosse perfeita, não seria necessário procurar lugar para outra (Hb 8:7);
  • Chamando nova esta aliança, Ele tornou antiquada a primeira; e o que se torna antiquado e envelhecido, está a ponto de desaparecer (Hb 8:13);
  • Ele cancela o primeiro para estabelecer o segundo (Hb 10:9).

A cruz separa o VT do NT. Nossa justificação vem pela fé e não depende da Lei (em absolutamente nenhum ponto!). Pense no que foi dito em (Mt 9:16-17) sobre “colocar remendo novo em veste velha e vinho novo em odre velha”! Será que Jesus estava preocupado com vestes ou vasilhas de couro? De maneira nenhuma! Ele quis salientar que não devemos misturar o que existia na velha aliança com a nova!

Leia em sua Bíblia Gl 4:21-31. Neste texto, fala de dois concertos (ou alianças):

  • O primeiro do monte Sinai gerando filhos para escravidão (Agar – representando a Lei – VT);
  • O segundo, gerando filhos da promessa e da fé (Sara – representando a Graça – NT).

Note agora os versículos 30 e 31, do mesmo capítulo de Gálatas:

  • Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre. De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre (Gl 4:30,31).

Paulo fala claramente que não somos filhos da escrava (Lei), mas da livre (Graça). O filho gerado da carne perseguia o filho gerado do Espírito (vs. 29) e o que Deus fez? Mandou lançar fora a escrava e seu filho! Não vivemos pela Lei e quando seguimos ordenanças da antiga aliança, estamos nos colocando debaixo dela. Isso não é correto! Precisamos fazer nossa escolha, pois não podemos ser filhos da escrava e da promessa (Lei e Graça).

Medite neste Estudo! Ele serve de base para os demais (tanto sobre o Antigo, quanto o Novo Testamento)! Juntos e guiados pelo Espírito Santo, vamos desvendar a verdade e revelá-la à toda criatura! Vamos combater tudo aquilo que está sendo pregado e não está na Palavra de Deus!

Para meditar:

O ponto de partida para entender as Escrituras da maneira correta é a CRUZ de Cristo!

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

30 Comments

  1. Glória a Deus! Muiiiittttoooo bom!
    Agora tudo ficou claro!
    Vou compartilhar!
    Paz!!

    • Helô Carvalho

      Muito bom e esclarecedor. Na lei do VT apenas os sacerdotes tinham acesso ao lugar santíssimo.
      CRISTO com sua morte e ressurreição nos deu livre acesso para chegarmos ao Pai sem precisar de sacrificios nem sacerdotes nem leis. O véu foi rasgado. A Cruz o Seu sangue nos libertou. Glórias a Deus nas Alturas!!!!

      • Nelson Júnior

        Amém Helô! Pena que muitos insistem em se colocar debaixo da Lei. Cristo cumpriu a Lei em nosso lugar porque pela Lei, ninguém pode ser salvo. Bjs. Fique com Deus!

    • Nelson Júnior

      Amém Leonor! Fico feliz com a participação e agradeço por compartilhar. Fique na Paz!

    • Sei que “Ninguém vai ao pai senão por mim” Jesus é o nosso mediador, éo Apocalipse 22 se cumprirá.

  2. Fernando Renor

    Olá irmão! Paz!
    Que bênção essa palavra!
    Não tinha lido algo igual a muito tempo na Internet.
    Vou acompanhar seu site.
    Abraço.

    • Nelson Júnior

      Obrigado irmão Fernando!
      Fico feliz que vá compartilhar. É importante divulgarmos a verdade! Fique na Paz!

  3. Confesso que nunca pensei desta forma, é um jeito bem diferente de ver as divisões do antigo e novo testamento. Uma perspectiva nova de estudar as escrituras. Estou estudando a bíblia e ainda estou no antigo testamento mas, irei levar em consideração esse novo ângulo de enxergar as coisas. Aguardo mais estudos irmão querido!! Fique na Paz do Senhor!!!

    • Nelson Júnior

      Amém irmã! Eu também não via até alguns meses atrás. Quando comecei a ler Hebreus, vi que confirmava muita coisa dos evangelhos e anunciava um Novo Testamento à partir da morte de Cristo na cruz. Aquilo foi como o que aconteceu com Paulo, sabe? É como se meus olhos fossem abertos. Fiquei com medo dessa revelação e fui pesquisar. E comecei a descobrir coisas no NT que eu nunca tinha percebido. Foi daí que eu comecei a promover a mudança do blog pra ter maior alcance nestes estudos. Tenho lido os evangelhos diariamente, e comparando com Hebreus. É impressionante a revelação entre esses livros. Isso derruba até o que os legalistas pregam sobre ter que seguir a lei em determinados pontos. Tudo faz sentido e entendemos porque Cristo afirmou que veio cumprir a Lei. Ele cumpriu em nosso lugar, consumou tudo na cruz e estabeleceu uma nova aliança, novo testamento ou concerto quando o véu do templo se rasga. Se dividirmos a Palavra partindo da cruz, entenderemos o velho e o novo testamento com muita facilidade.
      Agradeço pela participação, maninha! Deus é contigo!!

  4. Maria das Graças

    Querido irmão,
    Olhe, eu tô maravilhada com este estudo. Tu não sabes o quão bem me fez. Agora tudo faz sentido.
    Deus lhe abençoe.
    Me inscrevi nesse site pra receber teus estudos. Fica na Paz.

    • Nelson Júnior

      Obrigado pelo carinho, irmã! Deus colocou em meu coração. O mérito não é meu. É dEle. Mas agradeço e peço que compartilhe para que outros possam ter acesso. Conto com suas visitas. Deus lhe abençoe!

  5. Reinaldo Azevedo

    Eu tô admirado. Eu nunca vi isso na minha vida. Tô passado de nunca ter visto dessa forma. Que bênção.

    • Nelson Júnior

      Olá meu irmão! Sei como se sente. Quando passei a entender a origem, tive o mesmo sentimento. Continue acompanhando. Garanto que os próximos estudos sobre NT seguirão a mesma linha de raciocínio e combaterá tudo que é pregado de forma incorreta. Fique com Deus e volte sempre!

  6. Bom dia, prezado irmão!
    Deus é por você. Siga adiante.
    Trabalho mui precioso este seu.

    • Nelson Júnior

      Bom dia, querido irmão! Fico feliz pelo comentário! Juntos somos mais fortes e é gratificante encontrar apoio em nosso trabalho! Volte sempre. Sua visita e participação é muito importante! Fique com Deus!

  7. Glauber Mor Aziz

    Eu não entender muito biblia. No começo ainda mas entender explicação sua muito bom. Tentar traduzir google.

    • Nelson Júnior

      Amém meu irmão! No que eu puder ajudar, conte comigo.
      Fico feliz em saber que você traduz no Google para sua língua.
      Deus lhe abençoe! Ótima semana!

  8. Meu irmão…. aceita convite para pregar ou ministrar estudos? Como faço para falar com você?
    Este estudo que você fez é maravilhoso!!! Isso faz muito sentido! Estou maravilhado com o que estou lendo em seu site!

    • Nelson Júnior

      Olá prezado irmão! Primeiro gostaria de lhe agradecer pela participação constante em meu site! Fico feliz por saber que estou contribuindo de alguma forma! Para falar comigo é simples! No menu acima (em Fale Conosco) você poderá enviar um e-mail e então conversamos. Fico no aguardo! Deus lhe abençoe!

  9. Carolina Bonfá

    Amém! Aleluia!
    Maravilhoso este artigo.
    Meus olhos se abriram neste momento.

    • Nelson Júnior

      Quando descobri este verdadeiro início, tive a mesma reação da irmã! Sensacional não é? Fique com Deus!

  10. flavio antonio hermenegildo

    Amém irmão eu louvo Senhor pela sua vida,e retribuir os entendimentos da palavra quem te sede.Amém
    DEUS SEJA LOUVADO

    • Nelson Júnior

      Seja bem-vindo prezado irmão!
      Conto com sua participação. Este espaço é para crescermos juntos em conhecimento. Fique na Paz!

  11. William Paulino

    Adorei irmão, muito interessante, só gostaria de retirar uma dúvida: somos indiscutivelmente justificados pela graça, mas então o que quer dizer Tiago quando escreve o seguinte ” Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tem obras? Pode tal fé salva-lo?” (Tg 2,14). Fora isto, outrora vi que teremos nossas obras julgadas no dia do juízo, então parece-me que uma completa a outra para a salvação.
    Abraço amigo, adorei a página!

    • Nelson Júnior

      Amado irmão, a paz do Senhor! Agradeço pela participação! Fico feliz em podermos compartilhar o que nosso Senhor tem feito por nós. Em relação a sua pergunta sobre as obras descritas na carta de Tiago, eu já escrevi um estudo sobre o assunto e creio que será de grande valia se o irmão puder lê-lo depois. Trata exatamente desta ligação entre fé e obras. Desde já, agradeço por dedicar parte de seu tempo na leitura do estudo. Que Deus lhe abençoe grandemente. Segue o link:
      http://portalpelafe.com/a-verdade-sobre-fe-e-obras/
      Ótimo dia pra ti.

  12. Muito interessante… Eu consegui entender sobre esse assunto há uns dois meses, fui estudando e pesquisando, fico muito triste em ver que em muitas denominações não nos ensinam isso e outras coisas muito importantes que tbm descobri. As pessoas estão confiando em líderes que tem omitido a Verdade da Palavra, assim como eu tbm confiava. Parabéns pelo estudo. Bênção esse ensinamento.

    • Nelson Júnior

      Amém, minha irmã! Muitos líderes religiosos evitam pregar muita coisa! Ensinam errado por puro interesse e um dia serão cobrados com mais duro juízo. Agradeço por suas constantes participações! É uma honra tê-la como irmã! Fique com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *