Vender tudo: O que Cristo quis dizer?

Vender tudo: O que Cristo quis dizer?

A riqueza de um homem não está no valor financeiro atribuído aos seus bens materiais, mas sim, no valor sentimental aplicado naquilo que não há dinheiro que pague. Exemplos: a salvação, a família, os amigos verdadeiros, o conhecimento, etc. Como então, justificar o apego material se deste mundo nada levaremos? Por que viver a vida sempre almejando a posse, a conquista, ou o acúmulo de bens, se tudo ficará para trás após nossa morte? Devo vender tudo o que tenho para seguir ao Senhor?

Veja uma passagem bíblica onde o Senhor Jesus abordou este assunto:

  • E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus. E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus (Mt 19:16-24).

Note que o jovem afirma cumprir os mandamentos citados por Jesus, tentando aparentar uma vida de religiosidade. Todavia, Cristo demonstra que ninguém é capaz de cumprir toda a Lei de Deus! Isso ficou claro quando disse para o rapaz vender tudo o que tinha e distribuir aos pobres. Ali, o Senhor estava ratificando que queria o coração daquele jovem e este, estava voltado para suas posses e recursos financeiros. Jesus não estava afirmando que a salvação seria obtida abrindo mão de todas as coisas terrenas, mas sim, que é impossível ao homem o cumprimento de todos os mandamentos e preceitos da Lei. Somente quando reconhecemos isto, entendemos que a salvação se dá pela graça, por meio da fé em Cristo, sendo dom exclusivo de Deus (Ef 2:8), não vindo por meio de obras para que ninguém se glorie (Ef 2:9).

Será que a atitude das denominações religiosas seria diferente se, “vender tudo”, também lhes fosse exigido?

Quantos “evangélicos” não estão fazendo o mesmo que este jovem rico, buscando equivocadamente a salvação por meio de obras, ou amando mais ao dinheiro do que a Deus e ao próximo? Isso só ocorre porque não tiveram um encontro verdadeiro com Cristo, não meditam na Palavra de Deus e são manipulados por lobos devoradores, mais interessados na carteira da pessoa do que na vida espiritual!

  • Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom (Mt 6:24).

Quando estamos em viagem, levamos conosco somente o essencial, pois sabemos que nossa estadia será temporária e estaremos apenas de passagem no local escolhido. Sendo assim, por que não temos a mesma atitude quando se trata da própria vida que vivemos? Sabemos que nossa “estadia” neste mundo também é temporária e, com base nesta realidade, por que não valorizar apenas o que realmente importa?

Trabalhe para viver (não o contrário)! Viva intensamente hoje, pois o amanhã, não existirá para muitos! Quantos dormirão esta noite e nunca mais acordarão? E os bens acumulados, para quem ficará?

Sejamos generosos! O amor se demonstra por meio de ações, não apenas por palavras!

Para meditar:

Cada escolha, uma renúncia! Se a pessoa escolher o dinheiro, a quem estará renunciando? Em que se aplicaria o termo “vender tudo” se a escolha fosse pelos bens materiais?

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

8 Comments

  1. Aleluiaaaaaa. Louvado seja o nome do Senhor.

  2. Ola Nelson,

    Conheci a pouco tempo o site e estou lendo tudo que posso.
    Muito legal sua iniciativa! Disseminando o mais importante conhecimento com todos, parabens e sucesso.

    • Nelson Júnior

      Olá, prezado Jamil!! Quero agradecer por sua importante participação. No que eu puder ajudar, conte comigo. Seja bem-vindo! Fique com Deus!

  3. Fátima Gonçalez

    Já vi alguns pregando que devia dar tudo que isso era o correto. Agora entendi o que quer dizer de verdade. Obrigado por este artigo.

    • Nelson Júnior

      Olá, prezada Fátima, tudo bem? A intenção de escrever este estudo foi para auxiliar no entendimento, pois realmente, muitos interpretam fora do contexto e levam as pessoas ao engano. Fique com Deus e obrigado pela participação.

  4. Infelizmente vivemos numa “sociedade” do TER Cristo no coração, na verdade precisamos SER Cristo no coração para praticarmos o que o Espírito nos pede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *