Três cruzes: Você sabe o motivo?

Três cruzes: Você sabe o motivo?

Certamente você já ouviu falar sobre a crucificação de Jesus em sua vida! Toda vez que o assunto é abordado, nossa mente já constrói automaticamente a seguinte imagem: a cruz de Jesus ao centro e duas cruzes ao Seu lado (uma à direita e outra à esquerda). Mas, alguma vez você já questionou o motivo de existirem três cruzes?

Sabemos que Cristo, mesmo sem ter cometido nenhum pecado e sendo absolutamente perfeito em tudo, foi crucificado entre dois criminosos. Como um dos ladrões admitiu, estavam recebendo o castigo pelos atos cometidos (Lc 23:41). Mesmo estando na mesma situação e sofrendo as dores da morte vindoura, os salteadores participavam da zombaria que estavam fazendo com Jesus (Mt 27:44). Contudo, com o passar do tempo, um dos ladrões se arrependeu do que fizera e ainda repreendeu o outro pelos comentários:

  • E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez (Lc 23:39-41).

Após esta demonstração de arrependimento, ele ainda faz o pedido mais importante de sua vida:

  • E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino (Lc 23:42).

Note a dimensão deste pedido! Com tais palavras, aquele homem estava refletindo a sua fé. Ele acreditou na vitória de Jesus sobre a morte, no Seu reinado e no Seu poder para cuidar dos outros. Veja a resposta do Filho de Deus:

  • E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso (Lc 23:43).

Com esta resposta, o Senhor perdoou e salvou aquele ladrão! Foi um gesto de compaixão que sinalizava o efeito salvador do sangue que foi derramado naquele dia. Veja o que Paulo fala sobre isso:

  • Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal (1Tm 1:15).

Enquanto isso, os demais continuavam zombando, blasfemando e acreditavam que a morte seria a derrota final. Note a fala dos principais religiosos, vendo o corpo de Cristo suspenso na cruz:

  • E da mesma maneira também os principais dos sacerdotes, com os escribas, diziam uns para os outros, zombando: Salvou os outros, e não pode salvar-se a si mesmo (Mc 15:31).

Enquanto um malfeitor morria em seus delitos e pecados, o outro, era salvo e perdoado pelo Salvador! Isso serve de lição para cada um de nós e responde ao título do estudo: “Por que eram três cruzes?”

A cruz central era a de Cristo! Ao lado, outras duas cruzes que representam a minha e a sua cruz. Essa mesma cruz onde há salvação em Cristo (como o ladrão arrependido), também é a mesma onde há condenação (como o ladrão zombador). Tudo depende da forma como você se posiciona perante o sacrifício vivo feito pelo Filho de Deus! Você crê que também foi em seu favor, ou zomba como fez o outro ladrão?

Para meditar:

Três cruzes: Redenção, Aceitação e Rejeição. Sabemos que Redenção refere-se à cruz de Cristo. Qual das outras duas é a sua?

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

8 Comments

  1. Impossível ser diferente. Se me permite, podemos também fazer um comparativo com o livre arbítrio que tanto usamos para justificar algumas de nossas escolhas? Um ladrão aceitou ser salvo arrependido dos seus pecados e o outro debochava e não se arrependeu. Os estudos que vc compartilha Nelson é muito rico em conhecimento. Parabéns!

    • Nelson Júnior

      Olá, minha querida irmã Nielma! A paz do Senhor! Eu só tenho a glorificar e agradecer ao Senhor que me capacita para este trabalho. Sem Ele, não seriamos nada, não é? Quanto à escolha do ladrão, eu tenho uma visão diferente. Paulo diz na carta aos Filipenses 2:13 que Deus opera em nós tanto o querer quanto o efetuar, conforme a Sua boa vontade. Sendo assim, o querer daquele homem também foi gerado pelo Senhor. Isso produziu nele a fé (que também é presente de Deus, conforme Ef 2:8). Quando estiver mais tranquilo e finalizar os estudos em andamento, vou elaborar um estudo sobre este tema para ajudar no entendimento. Quero lhe agradecer pelo apoio e pela dedicação na leitura. Deus é contigo!

  2. natanael vargas da silva

    obrigado sempre tive acuriosidade de saber por que “tre cruzes”

    • Nelson Júnior

      Olá, prezado irmão Natanael! Tudo bem? Fico feliz que o estudo tenha contribuído para o esclarecimento de sua curiosidade. No que eu puder ajudar em possíveis dúvidas, estou à disposição. Agradeço por sua importante participação. Fique com Deus, meu irmão!

  3. Não tinha a menor ideia e nunca me questionei sobre isso. Que maravilha!

  4. Louvado seja o nosso Deus todo poderoso. eu também não tinha a noção de q tem uma revelação muito forte nas 3cruzes.Que o Senhor continue te capacitando amado

    • Nelson Júnior

      Olá, querido irmão Luís! A paz do Senhor! Agradeço pela participação. Fico feliz que tenha dedicado seu tempo na leitura deste estudo. Que o Senhor continue lhe abençoando grandemente. Graça e paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *