Somos cristãos? Surpreenda-se na leitura!

Somos cristãosA grande surpresa surge com uma análise simples em apenas alguns versículos da Bíblia! Após uma pergunta como esta, muitos responderiam: “sim, somos cristãos”! Será que tal resposta é verdadeira?

Se somos cristãos realmente, então estamos assim:

  • Amando uns aos outros – “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (Jo 15:12);
  • Exortando uns aos outros “Eu próprio, meus irmãos, certo estou, a respeito de vós, que vós mesmos estais cheios de bondade, cheios de todo o conhecimento, podendo admoestar-vos uns aos outros” (Rm 15:14);
  • Aperfeiçoando uns aos outros “Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino” (1Co 13:10,11);
  • Confortando uns aos outros “Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus” (2Co 1:4);
  • Levando as cargas uns dos outros “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo” (Gl 6:2);
  • Servindo uns aos outros “Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor” (Gl 5:13).

Ficou em dúvida? Então, vejamos mais alguns pontos:

  • Suportando uns aos outros “Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (Ef 4:2);
  • Ensinando uns aos outros “A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração” (Cl 3:16);
  • Edificando uns aos outros “Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis” (1Ts 5:11);
  • Orando uns pelos outros “Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores” (Tg 5:13);
  • Sujeitando uns aos outros “Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (1Pe 5:5);
  • Mantendo comunhão uns com os outros “O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo” (1Jo 1:3).

Com base nas informações acima, como você responderia a pergunta tema? Somos cristãos? Vemos estas características naqueles que afirmam seguir a Cristo?

Toda mudança depende de cada um de nós! Como vamos tirar o cisco do olho do irmão, se houver uma trave em nossos próprios olhos? É preciso que cada um examine a si mesmo e mude, antes de desejar a mudança no semelhante!

Para meditar:

Significado de hipocrisia no dicionário: “falsidade; ato ou efeito de fingir, de dissimular os verdadeiros sentimentos e intenções”. Lembre-se que Jesus condenou a hipocrisia dos fariseus por cobrarem das pessoas, algo que nem eles mesmos viviam! Apesar de demonstrarem um falso cumprimento (exteriormente), por dentro estavam longe da vontade do Criador!

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

8 Comments

  1. Perfeito! Uma realidade em nosso meio.

  2. Confesso que fiquei incomodada quando li o título, mas agora que li o texto, concordei.

  3. Belo artigo.

  4. Bom para meditarmos. Paz.

Deixe um comentário