Sábado: Devemos guardar este dia?

Sábado: Devemos guardar este dia?

Os cristãos devem guardar o sábado? Aqueles que pertencem ao Senhor estão em pecado por não guardar este dia? O que as Escrituras dizem sobre isso? Vamos verificar?

Importante:

Antes de começarmos, caso não tenha lido o Estudo Bíblico: Novo Testamento: O Verdadeiro Início, sugiro que leia pois serve de base para todos os estudos. Sua compreensão será maior se agregar essas informações (Clique aqui para ir ao estudo anterior).

Introdução:

De acordo com a Palavra de Deus, existem 3 povos no mundo: os judeus, os gentios e a Igreja (1Co 10:32). Sabemos que o Senhor instituiu ordenanças aos israelitas, contudo, nem todas são extensivas à igreja. Existem mandamentos que são exclusivos para o povo de Israel, no qual a guarda do sábado está incluída (Ex 20:8)! Após longo período de escravidão, o povo foi liberto pelo Senhor. Livres do Faraó, agora trabalhariam seis dias na semana e, no sétimo dia (sábado), deveriam repousar de todas atividades, adorar a Deus e lembrar de sua saída do Egito pela mão forte e braço estendido do Senhor (Dt 5:15).

Os membros da igreja Adventista do Sétimo Dia guardam o sábado até hoje, como se também fossem israelitas e dão prioridade a este mandamento em relação aos demais (ou então, seriam denominados: Adventista dos Dez Mandamentos!). Segundo sua crença, este mandamento é aplicado a todas as pessoas de qualquer época, alegando que esta observância já existia antes de ser confirmada no monte Sinai (Ex 16:23). Mas, se fosse um mandamento perpétuo, o versículo abaixo não poderia estar na Bíblia:

  • E ao homem disse: Porquanto deste ouvido à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida (Gn.3:17).

O que entendemos por comer em “fadiga todos os dias” de nossas vidas? Segundo o dicionário, fadiga é: trabalho cansativo, lida, esforço físico, etc. No sábado, poderia haver “fadiga” se o mesmo fosse observado antes da lei? Como poderia ser perpétuo?

E os outros mandamentos? Não eram observados antes da confirmação da lei? Isso os tornam atemporais também? Devem ser aplicados a todos os povos?

Vamos às explicações:

A forma de culto e o Tabernáculo foram dados por Deus a Moisés (também no monte Sinai). O átrio, lugar santo e lugar santíssimo; tudo foi dado como modelo para ser seguido. Deus ainda afirmou: “Atenta, pois, que o faças conforme o modelo, que te foi mostrado no monte” (Ex 25.40). Por que os Adventistas não seguem este modelo também? Por que não fazem os sacrifícios de animais, não utilizam as vestes sacerdotais, entre outras observâncias? Até onde eu sei, Abraão oferecia sacrifícios antes mesmo da existência de Israel (Gn 15).

Nós, cristãos, não precisamos fazer sacrifícios! Jesus foi o sacrifício perfeito! Também não precisamos guardar o sábado! Cristo é O Senhor até do sábado e afirmou que este foi feito por causa do homem (Mc 2:26-28). Não necessitamos guardar o sábado porque a igreja de Cristo não está debaixo da Lei Mosaica (Rm 6.14; Lc 16.16; Gl 4.1-7)!

Jesus afirmou que não veio revogar a lei, mas cumpri-la (Mt 5-17). Sabe o que isso quer dizer? Ele veio cumprir a lei em nosso lugar! Nenhum de nós (absolutamente ninguém) seria salvo pela lei! Poderíamos cumprir todas, mas, caindo em apenas uma, seríamos condenados nas demais.

Quando Jesus bradou na cruz: “Está consumado” (Jo 19:30), Ele afirmou que tudo estava cumprido! Toda a lei e todas as profecias foram cumpridas! Depois disso, o véu do Templo foi rasgado de cima a baixo! Uma nova aliança teve origem! Agora pela graça com acesso direto ao Pai, por meio de Jesus (último que precisou guardar a Lei e o sábado)!

Você quer se colocar debaixo da Lei, guardando o sábado? Então, veja algumas passagens bíblicas:

  • Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las (Gl 3:10);
  • Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Temo a vosso respeito, não haja eu trabalhado em vão entre vós (Gl 4:10-11);
  • Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei, para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim de recebermos a adoção de filhos (Gl 4:4-5; Rm 10:4);
  • …e havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz (Cl 2:14);
  • Mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto (a Lei), permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele (a Lei e tudo o que nela está incluído, no nosso caso, o Sábado) abolido (II Co 3:14).

Os adventistas, com o intuito de impor a obrigação da guarda do sábado, se valem de argumentos infundados, estabelecendo uma distinção entre a Lei Moral e Lei Cerimonial, Lei de Deus e Lei de Moisés, dizendo que a Lei Moral ou lei de Deus se restringe aos 10 mandamentos e continuará para sempre, e que a Lei de Moisés ou Lei cerimonial, abrange o Pentateuco escrito por Moisés e foi abolida.

Por que essa distinção entre Lei Moral e Cerimonial é imprópria? Veja abaixo:

  • Em (Ne 8:1) temos a informação de que Esdras traz o Livro da Lei de Moisés para leitura perante a congregação. Porém, em (Ne 8:8), é assim chamado o mesmo Livro: “e leram no Livro, na Lei de Deus”;
  • Em (Ex 20:12) fala para honrarmos o pai e a mãe. Está nos 10 mandamentos e, portanto, seria Lei de Deus. Contudo, em (Mc 7:10) diz ser Lei de Moisés;
  • Em (Ex 20:13) fala da Lei que proíbe o homicídio. Sendo assim, Lei de Deus. Todavia, Jesus cita a mesma Lei chamando de Lei de Moisés (Jo 7:19).

Notou como não há diferença? Isso quebra o argumento de distinção entre Leis. Todas foram cumpridas em Cristo!

Estamos em um novo concerto muito melhor, fazendo-se necessário a mudança da Lei:

  • Mas agora alcançou Ele (Jesus) ministério tanto mais excelente quanto é mediador de um melhor pacto, o qual está firmado sobre melhores promessas (Hb. 8:6).

De acordo com essas informações, é necessário uma explicação sobre o Novo Concerto e a mudança da Lei. Foi o próprio Cristo que instituiu a Nova Aliança, trazendo assim uma nova concepção da vida espiritual que Deus quer que tenhamos. Isso foi tão profundo que os judeus não entenderam e nem aceitaram!

A lei dizia: “olho por olho, e dente por dente”. Jesus disse: “não resistais ao mau; mas se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra” (Mt 5:38-39). A mudança que foi feita não exclui nem um til da lei (Mt 5:18), mas sim, uma concepção muito mais profunda da mesma. Infelizmente os Judeus e os Adventistas não entenderam isso! Voltando ao Sábado, a Lei dizia que este dia devia ser guardado e santificado (Ex.20:8), mas na Nova Aliança isso muda! Em (Hb 4), Jesus afirma ser o próprio sábado e é claro que o Senhor reina em todos os dias!

Mudando o sacerdócio é necessária uma mudança na Lei:

  • Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei (Hb 7:12).

Algumas mudanças ocorridas na Nova Aliança:

  •  A Páscoa, na antiga aliança, foi substituída pela Ceia do Senhor (Mt 26:17-30; 1Co 11:23-34): “Porque isto é o meu sangue, o sangue do Novo Testamento (novo concerto, nova aliança)”;
  • O sacrifício de animais no altar foi substituído pelo sacrifício de Cristo na cruz (Hb 9:26-28);
  • O sacerdote (Ex 28) foi substituído pelo sacerdócio supremo de Jesus “segundo a ordem de Melquisedeque” (Hb 7) e fez com que cada cristão se torne um sacerdote (Ap 1:5);
  • Também o quarto mandamento, dentre os dez, que pelo menos em parte, tinha natureza cerimonial (Cl 2:16-17), deveria ser substituído por outro símbolo, mais apropriado à nova dispensação – O Domingo “Dia do Senhor”. Todavia, não sejamos legalistas também no Domingo! Nenhum dia é maior do que Cristo. Todos os dias devem ser dedicados ao Senhor e não apenas um específico, mesmo porque, em qualquer um desses dias, Jesus pode voltar (Mc 13:32).

É uma pena que os Adventistas e sabatistas consagrem apenas um dia a Deus! Poderia citar uma infinidade de passagens bíblicas que contrariam a guarda do sábado para cristãos, contudo, neste estudo foi destacado apenas os pontos principais para não ficar muito extenso.

A IGREJA DE CRISTO CONSAGRA TODOS OS DIAS PARA O SENHOR.

Para meditar:

Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor (Mc 2:28).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

22 Comments

  1. Glauber Mor Aziz

    Irmão meu, paz todos!
    Eu gostar muito deste estudo.
    Eu vai estudar com família meu.
    Paz.

    • Nelson Júnior

      Olá meu irmão, Glauber! Tudo bem?
      Obrigado pela participação e pelo esforço na tradução dos estudos. Vejo seus comentários constantes e fico feliz em contribuir para seu conhecimento. Fique na Paz, meu irmão!

  2. Amarante Soares

    Bom dia!
    Confesso que tinha questionamentos porque aqueles que guarda o sábado dizem exatamente isso que você abordou sobre Lei de Deus e Lei de Moisés. Só que eles não explicam isso com clareza e eu ficava sem saber. Agora estou convicto e sei que não preciso guardar o sábado. Obrigado! Este estudo me tranquilizou.

    • Nelson Júnior

      Fico feliz de contribuir, meu irmão! Eles fazem distinção entre Lei de Deus e Lei de Moisés exatamente para alegar que só a Lei de Moisés foi cumprida na cruz. Mas pelo estudo, você pode ver que toda a Lei foi cumprida e não há distinção. O livro de Hebreus, capítulo 4, Jesus afirma que Ele é o sábado. Ele é o nosso repouso! E inúmeros outros textos que não relacionei para não deixar o estudo muito longo. Fique na Paz , meu irmão! Jesus é O Senhor até do sábado!

  3. Glória a Deus.
    Concordo com você!

    • Nelson Júnior

      Agradeço pela participação, prezada Emília!
      Ajude a divulgar o estudo. Muitos estão no engano e precisam conhecer a verdade!
      Fique com Deus!

  4. Flávio Pompeia

    E o que você me diz quando Jesus afirmou que não veio revogar a lei, mas sim cumpri-lá??????

    • Nelson Júnior

      Prezado Flávio, tudo bem?
      Talvez você não tenha lido o Estudo completo ou não se atentou neste ponto. Esta resposta foi abordada no próprio Estudo, mas colocarei aqui também.
      Leia o Estudo: Novo Testamento – A Origem, para ter um entendimento maior. No final, postarei o link…
      Jesus viveu debaixo da lei. Tudo que Ele fez em vida humana, estava na antiga aliança. Ele anunciava um Novo Concerto que viria com Sua morte na cruz por nossos pecados. Quando isso ocorreu, tudo foi cumprido na cruz. Tudo estava consumado. O véu do templo se rasgou e passamos a ter acesso direto ao Pai por meio de Cristo. Na cruz, Jesus cumpriu toda a lei em nosso lugar. Pela lei, ninguém seria salvo. Hoje é pela graça. Jesus é o nosso sábado agora (Hb 4). Ele é O Senhor até do sábado! Nenhum dia é mais importante que Ele! Todos os dias de sua vida devem ser consagrados a Deus. Não apenas um! Tudo foi cumprido (Lei de Deus e Lei de Moisés – caso esta seja sua próxima afirmação). O decálogo, toda lei moral e cerimonial foram cumpridas em Cristo. Para um detalhamento aprofundado, leia novamente o Estudo e confira em sua Bíblia. Segue o link do outro estudo que lhe falei e que irá lhe ajudar na compreensão:
      http://portalpelafe.com/novo-testamento-a-origem/
      Fique na Paz e bons estudos.

  5. A Paz irmão, belo estudo. Gostaria de dizer também que após a morte de Jesus rasgou-se o véu, ou seja, o véu que separava as pessoas do lugar santíssimo, onde Deus se manifestava para falar com o sacerdote. E Deus enviou o Espírito Santo para habitar em nós que cremos no seu Filho, sendo assim, na nova aliança não há mais separação entre nós e Deus, tudo se fez novo para os que realmente creem.

    • Nelson Júnior

      Amém minha irmã! Tudo está claro na Bíblia. Infelizmente alguns preferem não ver a verdade, não é? Fique com Deus!

  6. Glória a Deus! Aleluia!
    Era um estudo assim que eu procurava. Tenho um adventista na família e pra ser sincera, não sabia o que dizer quando ele vinha com essa história do sábado. Agora posso mostrar a verdade a ele. Estou seguindo seu site. Fique com Deus.

    • Nelson Júnior

      Que bom que tenha lhe ajudado, irmã! No que eu puder contribuir nos seus estudos, é só falar. Agradeço por seguir meu site. Se quiser seguir nas redes sociais, fique à vontade! Ótima semana pra você!

  7. Helo Carvalho

    Obrigada por este estudo. Vou repassa-lo. Só preciso que meu tio abra os olhos e não seja enganado. Muito esclarecedor…vai ajudá-lo.

    • Nelson Júnior

      Que bom Helô! Vamos orar para que ele leia e compare com a Palavra para entender o verdadeiro significado do sábado.

  8. Li este estudo e o das Testemunhas de Jeová.
    Parabéns pela clareza nas informações.
    Estou seguindo seu site e vou ler os demais.

    • Nelson Júnior

      Agradeço pelo comentário, meu irmão! Fico feliz em poder compartilhar estudos que irão ajudar na vida de muitos. Foi bom você seguir o site. Assim você receberá as novidades no e-mail no momento em que forem postadas. Fique com Deus!

  9. Estou descobrindo muita coisa que não sabia. Obrigada!

  10. ola;querido irmao deixo aqui minha opiniao,como aventista que sou agora ;ja fui um cristao pentencostal como tambem fui catolico praticante discordo de tudo que foi colocado contra a guarda do sabado e sabemos que nossa salvacao e pela graca mas carecemos da lei de Deus;tambem sei que se nao guardar o sabado disso nao depende a nossa salvacao.Mas se por uma causa deixarmos de gurdarmos o restanta dos mandamentos sera que seremos salvos? Estou convicto de que igreja nenhuma salvara homens mas a graca de nosso senhor senhor jesus sendo assim prefiro morrer guardando os mandamentos isto é todos os por que isso acredito ser irreverencia á Deus…….

    • Nelson Júnior

      Prezado Antônio, a paz do Senhor!
      É uma pena não concordar com o Estudo, pois está fundamentado na Palavra. Em um ponto, concordamos: a guarda do sábado não é questão de salvação, pois a salvação vem pela graça, por meio da fé (Ef 2:8). Todavia, a questão que você levantou se, seríamos salvos por não guardar os mandamentos, eu lhe respondo a seguir: Nossa salvação independe da Lei. O que precisa ser salientado é que, o Novo Testamento, Novo Pacto, ou Nova Aliança, começa exatamente na cruz de Cristo e não em Mateus, capítulo 1! Tudo (absolutamente tudo) que Jesus fez em vida terrena estava debaixo da Antiga Aliança. Por isso Ele apresentou sacrifícios no Templo; foi circuncidado (Lc 2:21); fazia tudo conforme a Lei do Senhor desde pequeno (Lc 2:39). Jesus cumpriu a Lei em nosso lugar, pois ninguém seria capaz de cumpri-la, afinal, se você guardar toda a lei e cair em apenas um ponto, será tido por culpado de todos (Tg 2:10). Quando estava na cruz, Jesus disse: “Está consumado” (Jo 19:30). Após este acontecimento, o véu do Templo se rasgou de cima a baixo (Mc 15:38). E sabe por quê? Naquele exato momento, entrava em vigor o NT! O princípio de uma nova aliança, um novo acordo, um novo pacto! Hoje, estamos debaixo da graça! Jesus pagou pelos nossos pecados e cumpriu toda a lei em nosso lugar! Ele é o nosso Sumo Sacerdote (Hb 2:17) e não precisamos mais de um sacerdote no Templo sendo mediador entre nós e Deus. O véu foi rasgado, lembra? Cristo é nosso Mediador e nos deu acesso direto ao Pai por meio dEle. Jesus é o nosso sábado (leia todo o capítulo de Hb 4). Estamos debaixo da graça e quem se coloca debaixo da lei, torna-se maldito (Gl 3:10). Prezado Antônio, peço que leia o estudo “O verdadeiro início do Novo Testamento”. Isso fará você entender porque não guardamos o sábado. Todos os dias devem ser dedicados ao Senhor, não apenas um! A lei dizia: Não matarás! Jesus disse que se você disser qualquer palavra ofensiva, já será réu de juízo (Mt 5:21,22); A lei dizia: Não adulterarás! Jesus disse que só de pensar, já cometeu adultério (Mt 5:28); A lei dizia para guardar o sétimo dia! Jesus disse que até do sábado é Senhor (Mc 2:28). Eu estou em Cristo. Não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim. Sendo assim, devo adorá-lo com todo meu ser em TODOS os dias da semana. Não apenas no sábado, nem tão pouco, só no domingo!! Fique com Deus e agradeço por sua participação.

  11. Eu já vivi no engano. Assistia um programa que só falava nisso e pensava que estava errado se não seguisse o sábado. Glória a Deus que meus olhos foram abertos. Jesus é o nosso sábado (Hebreus 4).

Deixe um comentário