Prosperidade: A teologia de Satanás!

Prosperidade: A teologia de Satanás!

Por que a teologia da prosperidade é usada (cada vez mais) para influenciar igrejas evangélicas, principalmente no Brasil? Por que a todo instante surgem novos adeptos em algumas denominações? Será que é isso que devemos buscar? Foi pra isso que você foi chamado ou para pregar o plano da salvação à toda criatura?

Quem pode ter prosperidade?

Não sei você, caro leitor, mas eu só vejo essa tal “prosperidade” evidenciada na vida de alguns líderes de denominações e nenhum resultado para a infinita maioria de seus seguidores!

Podemos ser prósperos sim! Podemos ter bênçãos financeiras e materiais sim! Mas tudo acontece de acordo com a santa e bendita vontade de Deus! Não é pelo fato de você dizimar ou ofertar que o fará credor e tornará Deus devedor de alguma coisa! Aquele que pensa que pode ordenar ou determinar algo a Deus por julgar-se merecedor, peca! Não somos merecedores de nada! Tudo é pela graça divina! Jesus não morreu na cruz para que eu ou você tivéssemos bens materiais! Ele morreu para nos salvar do pecado! Nosso tesouro não é terreno, onde a traça e a ferrugem consomem, mas sim, celestial (Mt 6:19,20).

Essa teologia é uma farsa de Satanás! Quando Jesus foi levado ao deserto, veio o diabo para tentá-lo e o que foi que ele disse para Jesus?

  • Tudo isso te darei se prostrado me adorares (Mt 4:9).

Deus tem prazer em nos abençoar com bens materiais, realiza milagres, pode multiplicar o azeite (como ocorrido com a viúva), mas Ele também pode dizer: “A minha graça te basta!”

Devemos buscar o Reino de Deus e Sua justiça! O restante nos será acrescentado de acordo com a vontade do Pai (Mt 6:33)!

Nossa oração deve ser para que Ele nos ensine a viver com o que temos e não determinar que o Senhor nos dê algo que entendemos merecer!

Assisti uma pregação de um pastor que gosto muito (Pastor Ed René Kivitz) e ele ilustra sobre os dízimos e as ofertas com muita clareza. Segundo ele, podemos comparar com a mesada que é dada para um filho. O pai dá uma mesada de R$ 1.000,00 ao filho e este lhe devolve 10% do valor que seria R$ 100,00. O fato do filho devolver R$ 100,00, faz dele credor do pai? E o pai é devedor do filho, sendo que lhe deu R$ 1.000,00? De maneira nenhuma!

Igualmente acontece entre nós e Deus! Tudo é dEle! Nada é nosso! Você e eu viemos do pó e ao pó voltaremos. Nada será levado! E o que você tem acumulado, para quem ficará?

Deus está pronto para nos abençoar! Mas uma bênção não se mede pelos bens materiais conquistados! Mude sua maneira de pensar! Não temos direito de cobrar nada! Devemos somente agradecer!

Para meditar:

Caso tenha ficado alguma dúvida, segue alguns versículos que reforçam o que eu afirmei:

  • Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam (Mt 6:19);
  • Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos (Mt 10:9);
  • E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui (Lc 12:15);
  • Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus (Lc 12:21);
  • Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína (1Tm 6:8,9);
  • Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça (Mt 8:20).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

 

Adicionar a favoritos link permanente.

9 Comments

  1. Evangelista Romualdo

    Parabéns pela coragem de falar! Muitos precisam ouvir!

  2. Apoiado! Devemos nos preocupar menos com bens materiais. Deus supre nossas necessidades!

  3. Carla Louveira

    Concordo!

  4. Evangelista Romualdo

    Muitos vivendo no engano dentro da igreja!

    • Nelson Júnior

      Infelizmente muitos estão no engano, meu irmão! Mas na verdade, muitos querem ser enganados! Pecam por não conhecer as Escrituras nem o poder de Deus!

  5. Patricia França

    Prega-se em muitos lugares somente bens materiais, prosperidade, conquistas e a mensagem é clara: “Arrependam-se!”.
    Paz.

  6. Helo Carvalho

    As pessoas hoje ao invés de buscarem a face do nosso Deus buscam as suas mãos, o que Ele pode fazer por elas. Buscar a face é prostar-se com o rosto no pó e humilhar-se pois o principal Ele fez por nós na cruz.

    • Nelson Júnior

      Amém Helô! Concordo com você plenamente !
      É lamentável ver líderes de igrejas pregando que, se o cristão não tem bens materiais é porque está em opróbrio! Lamentável pregar um evangelho voltado para o dinheiro! Infelizmente há quem acredite em teologias como esta (por ganância) onde o “deus” é Mamom. Agradeço pela participação! Juntos podemos combater as heresias que tentam infiltrar nas igrejas.

Deixe um comentário