Porta estreita: Você sabe o motivo?

Porta estreita: Você sabe o motivo?

Por que Jesus disse que a porta estreita conduz à vida e a larga, conduz à perdição? Será que todos os cristãos escolheram realmente a porta estreita? Vamos meditar um pouco?

Para este estudo, usaremos o texto do Evangelho de Lucas 13:2325:

  • “Senhor, serão poucos os salvos?” Ele lhes disse: “Esforcem-se para entrar pela porta estreita, porque eu lhes digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. Quando o dono da casa se levantar e fechar a porta, vocês ficarão do lado de fora, batendo e pedindo: ‘Senhor, abre-nos a porta’. “Ele, porém, responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês’. (Lc 13:23-25).

Jesus afirma que, tanto a porta, quanto o caminho que conduz à vida são estreitos (Mt 7:14). De imediato, já podemos entender nesta afirmação que precisamos passar sozinhos! Ninguém poderá entrar conosco por esta porta, nem muito menos nos conduzir no trajeto!

Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Ninguém chega ao Pai se não for por intermédio dEle (Jo 14:6). Sendo Jesus o único caminho que nos conduz à salvação, qual a relação entre Ele e a porta estreita?

Analisando o original:

Uma explicação incrível está no original em grego para a palavra “esforcem-se” que inicia o versículo (Lc 13:23): agwnizomai (agonidzomai) = significa esforçar-se ao máximo, combater, lutar ou batalhar intensamente por algo.

Esta explicação é bem semelhante a palavra usada para descrever o sofrimento de Cristo no Getsêmani, onde chegou a transpirar gotas de sangue e demonstra o esforço que devemos fazer para entrar por esta porta.

  • E, estando em agonia, orava mais intensamente. E aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra (Lc 22:44).

Comparando as duas portas:

A porta e o caminho são estreitos, pois indicam retidão de pensamentos e decisões; demonstra a individualidade de nossa vida com Cristo; evidencia que não é por você pertencer à denominação “X” ou “Y” que será salvo e fica bem claro que, para aqueles que passaram por esta porta, não há desvios!

Da mesma forma, existe a porta larga e espaçoso o caminho que conduz a perdição! Para quem a escolhe, tudo é fácil; tudo é permitido; as coisas mundanas têm grande valor; o próprio ego é evidenciado; acreditam que muitos podem caminhar lado a lado, de forma ecumênica e generalizada; e infelizmente, há um grande número de cristãos neste meio (entrando pela porta larga, mesmo sendo membros de uma instituição religiosa)!

  • Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal! (Mt 7:22,23).

Escolher a porta e o caminho estreito significa:

  • Dar um passo de cada vez numa caminhada guiada pelo SENHOR;
  • Valorizar a salvação e não os bens materiais;
  • Evidenciar frutos em favor do Reino de DEUS;
  • Almejar a santificação e torná-la um propósito de vida;
  • Entregar o total controle de nossas vidas nas mãos de JESUS.

Como vimos no versículo chave do estudo, para alguns não será apenas uma questão de escolha, pois desejarão entrar, mas não conseguirão! Será que não entrarão pelas reais intenções do coração? Será pelo amor às coisas do mundo e bens materiais? Lembre-se da mulher de Ló, que olhou para trás, arrependida pelo o que deixou e virou uma estátua de sal!

Caro amigo leitor: Ao meditar no estudo acima você pode notar a importância de escolhermos a porta estreita que conduz à vida! Se você ainda não teve um encontro verdadeiro com Cristo, permita-me amorosamente dizer-lhe que estamos vivendo os últimos dias da história da humanidade. Todas as profecias bíblicas se cumprem a cada dia e o fim está próximo. Salvação só temos em Jesus, pois Ele deu sua própria vida em favor dos meus e dos seus pecados! Pense nisso e arrependa-se!

Para meditar:

Quando o dono da casa se levantar e fechar a porta, vocês ficarão do lado de fora, batendo e pedindo: Senhor, abre-nos a porta. Ele, porém, responderá: Não os conheço, nem sei de onde são vocês. (Lc 13:25).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

12 Comments

  1. Fernando Renor

    Irmão, verdadeira benção.
    o irmão precisa dar uns estudos na minha igreja, Topa?

    • Nelson Júnior

      Olá, meu irmão! A paz do Senhor!
      Claro que topo. Só precisamos verificar as agendas. Vou responder pelo seu e-mail e combinamos. Tenho mais duas igrejas que me convidaram para o começo do ano. Não sendo nas mesmas datas, sem problema! Fique na Paz.

  2. Glória a Deus

  3. Essa palava no grego explica muita coisa.
    Não sabia que daria para estabelecer um paralelo se focarmos nessa palavra.
    Muito bom, Nelsinho!

    • Nelson Júnior

      Amém, querida irmã! É maravilhoso quando algo na Palavra de repente abre nossos olhos e tudo passa a fazer muito sentido, não é? Fique com Deus e obrigado pela visita!

  4. Samuel Alcântara

    Amém! Belas palavras.

  5. Amém irmão!!! A decisão de seguir a Jesus é imensamente importante para quem almeja a salvação, mas, como vc mesmo disse nesse estudo maravilhoso, apenas tomar essa decisão não basta… é preciso seguir a Cristo verdadeiramente e o caminho é tão estreito quanto a porta… lindo texto, amei!!! Que o Espírito Santo do Senhor continue te inspirando e dando sabedoria e entendimento da palavra!!! vamos seguir em frente pelo caminho estreito que Jesus nos deixou para trilhar!!! Fique na Paz do Senhor!!

    • Nelson Júnior

      Amém, minha maninha querida!! Os estudos ganham muito com seus comentários sempre com grande sabedoria!! Fico feliz por contar com sua atenção e seu precioso tempo! Que nosso Senhor Jesus continue lhe abençoando grandemente em todas as áreas de sua vida! Fique na Paz!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *