Morte e ressurreição: Como explicar?

Morte e ressurreição: Como explicar?

Sabemos que o ser humano não foi criado para morrer, porém a morte passou a existir como consequência do pecado (Rm 5:12). Desde então, as mais diversas teorias surgiram pelo mundo, devido o assunto ser tão sombrio, real e duro; causando medo na maioria das pessoas! Contudo, este medo se dá pelo fato de não conhecerem as Escrituras, pois tudo que precisamos saber, já está revelado e não há necessidade de buscar respostas em outros lugares (principalmente porque outros lugares não terão tais respostas!). Afinal, como explicar morte e ressurreição?

Para quem conhece a Palavra de Deus e crê em Jesus Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas, não há insegurança acerca da morte, pois, assim como Jesus ressuscitou dos mortos, também acontecerá com quem nEle crê.

  • Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá (Jo 11:25).

Morte e ressurreição: Algo inevitável seguido de uma garantia para o verdadeiro cristão! Como podemos explicar estes acontecimentos?

Temos na Palavra de Deus inúmeros textos que poderiam ser citados sobre este tema, contudo, o apóstolo Paulo falou sobre o assunto em sua primeira carta aos Coríntios e, em apenas um trecho, já encontramos a explicação:

  • Mas alguém pode perguntar: “Como ressuscitam os mortos? Com que espécie de corpo virão?” Insensato! O que você semeia não nasce a não ser que morra. Quando você semeia, não semeia o corpo que virá a ser, mas apenas uma simples semente, como de trigo ou de alguma outra coisa. Mas Deus lhe dá um corpo, como determinou, e a cada espécie de semente dá seu corpo apropriado. Nem toda carne é a mesma: os homens têm uma espécie de carne, os animais têm outra, as aves outra, e os peixes outra. Há corpos celestes e há também corpos terrestres; mas o esplendor dos corpos celestes é um, e o dos corpos terrestres é outro. Um é o esplendor do sol, outro o da lua, e outro o das estrelas; e as estrelas diferem em esplendor umas das outras. Assim será com a ressurreição dos mortos. O corpo que é semeado é perecível e ressuscita imperecível; é semeado em desonra e ressuscita em glória; é semeado em fraqueza e ressuscita em poder; é semeado um corpo natural e ressuscita um corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual. Assim está escrito: “O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente”; o último Adão, espírito vivificante. Não foi o espiritual que veio antes, mas o natural; depois dele, o espiritual. O primeiro homem era do pó da terra; o segundo homem, do céu. Os que são da terra são semelhantes ao homem terreno; os que são do céu, ao homem celestial. Assim como tivemos a imagem do homem terreno, teremos também a imagem do homem celestial. Irmãos, eu lhes declaro que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem o que é perecível pode herdar o imperecível. Eis que eu lhes digo um mistério: nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta. Pois a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados. Pois é necessário que aquilo que é corruptível se revista de incorruptibilidade, e aquilo que é mortal, se revista de imortalidade. Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: “A morte foi destruída pela vitória”. “Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão?” O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil (1Co 15:35-58).

Importante:

Mesmo recebendo Cristo como Senhor e Salvador, nossa natureza carnal continua pecaminosa (por causa do corpo)! Com nossa morte física, o corpo será semeado perecível; em desonra; em fraqueza; em corrupção; e ressuscitará imperecível; em glória; em poder; e incorruptível! Semeando o corpo natural, nasce o espiritual! Se estamos em Cristo, não precisamos temer a morte, pois sabemos que é apenas a libertação das aflições que vivemos neste mundo (2Co 4:17)!

Caro amigo leitor: Você tem dúvidas quanto ao destino de sua alma? Teme quando o assunto abordado é morte e ressurreição? Permita-me amorosamente dizer-lhe que estamos vivendo os últimos dias da história da humanidade. Todas as profecias bíblicas se cumprem a cada dia e o fim está próximo. Salvação só temos em Jesus, pois Ele deu Sua própria vida em favor dos meus e dos seus pecados! Arrependa-se!

Para meditar:

Eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus (Jó 19:25,26).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

10 Comments

  1. Flávia Ap. Shantha

    Um assunto difícil de lidar e o irmão tratou com muita clareza. Gostei.

  2. Sergio Medalha

    Aleluia! Eu creio!

  3. Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. João 3:5

  4. Alaíde Feitosa

    Eu li e li o outro texto sugerido também. Deu até paz no coração.

    • Nelson Júnior

      É verdade, minha irmã! Quem está em Cristo não tem motivos para se preocupar! E a Palavra nos traz paz, quando nela buscamos respostas. Fique com Deus, minha irmã!

  5. cada dia estou gostando mais desse portal

Deixe um comentário