Luz e sal: Você sabe o que há por trás?

Luz e sal: Você sabe o que há por trás?

Por que Jesus disse que nós somos a luz do mundo e o sal da terra? Será que se trata somente de luzir e dar sabor? Não existe mais nada por trás destes elementos? Qual a relação entre luz e sal?

Antes de tudo, vejamos nas Escrituras o que foi revelado:

  • Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus (Mt 5:13-16).

Para entender a profundidade desta passagem, precisamos olhar para as propriedades destes elementos. Quanto aos atributos da luz, a maioria dos cristãos não veem dificuldades no entendimento. Por este motivo, o foco será o sal, evidenciando sua relação à luz.

A primeira utilidade que vem à mente sobre o sal é que ele dá sabor (como diz no texto), mas sabemos que não é somente isso!

Dentre suas inúmeras propriedades, gostaria de destacar algumas:

  • O sal conserva o alimento: Por meio da desidratação, o sal elimina a possibilidade de proliferação de bactérias, conservando aquilo onde foi aplicado;
  • O sal derrete o gelo: Em países onde a neve está presente durante o inverno, o sal colabora para derreter o gelo e permitir a circulação de carros e pessoas;
  • O sal faz sentir sede: Se alguém sofrer um naufrágio e ficar à deriva no mar aguardando por um resgate, esta pessoa morrerá de sede, se o socorro não chegar (mesmo tendo tanta água ao redor). Isso se dá pela desidratação causada pelo sal, produzindo uma necessidade cada vez maior de água.

Existem outras utilidades para o sal, porém, para este estudo, as descritas acima são suficientes.

Agora, veja a relação:

  • O sal derrete o gelo; conserva o alimento; faz sentir sede;
  • O cristão derrete o gelo do coração humano, por meio da proclamação do Evangelho; conserva o que está ao seu redor, combatendo o pecado; faz com que sintam sede da Água da Vida, que é Cristo!

Dentro dessas propriedades, podemos ver a relação entre luz e sal! O propósito é divulgar a glória do Senhor por meio de nossas vidas! Nossa maneira de viver deve produzir o desejo, a sede nas pessoas de terem contato com o Salvador e saírem das trevas em que vivem. Isso que Jesus estava dizendo no texto!

Importante: Luz e sal não podem ficar isolados!

Para produzirem algum efeito, precisam estar em contato com algo. Por este motivo, fomos comissionados a ir e pregar o Evangelho a toda criatura!

  • E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado (Mc 16:15,16).

Devemos influenciar o mundo e nunca o contrário!

  • E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus (Rm 12:2).

Se um cristão aceita ser moldado pelo mundo (deixando de luzir e dar sabor), sua consciência permitirá práticas como sonegação de impostos, corrupção, suborno, divórcio, aborto, entre outros; exatamente por não cumprir o seu papel, ignorando a vontade do Senhor!

Nas cartas de Paulo, vemos que ele era guiado pelo Espírito Santo e levava a Palavra do Senhor aos gentios. Mesmo conhecendo outros povos, culturas e costumes, nunca se deixou moldar pelo mundo ao seu redor, mas influenciava a muitos por onde passava! A glória de Cristo era manifestada em sua vida! Isso é ser luz e sal!

Para meditar:

O cristão é sal da terra para fazer com que o mundo sinta sede da Água da Vida (Jesus)! É luz do mundo para iluminar a mente daqueles que estão em trevas! Onde há luz, não há trevas!

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

14 Comments

  1. Irmão, eu nunca tinha pensado nisso. Só pensei no tempero que o sal faz, mas não conseguia relacionar comigo. Mas agora tudo ficou muito claro. Glória a Deus.

    • Nelson Júnior

      Amém, minha irmã! Verificando as propriedades do sal, podemos ter maior clareza no entendimento, não é?! Fique com Deus.

  2. Socorro Borges

    Bom dia! Irmão a palavra de Deus é muito clara e não deixa dúvidas em nosso coração, muito boa sua interpretação, Jesus é muito sábio ele colocou justamente o sal devido todas essas utilidades que possui de conservação. Que Deus lhe abençoe a continuar sendo sal e luz, neste mundo tenebroso.

    • Nelson Júnior

      Amém, minha irmã! É verdade! Quando meditamos nas propriedades do sal, vemos muita relação com aquilo que devemos ser. Agradeço pelo carinho e pela importante participação. Fique com Deus.

  3. Lázaro Bispo Junior

    Amém meu irmão, Deus fala profundamente ao meu coração através dessas publicações, que o Senhor Jesus Cristo continue te abençoando.

    • Nelson Júnior

      Amém, meu irmão!! Que o Senhor Jesus continue lhe abençoando grandemente! Agradeço por sua importante participação! Deus é contigo!

  4. Estudo edificante, varão.

  5. Tenho acompanhado este site e estou aprendendo muito. Obrigado por partilhar estes estudos.

    • Nelson Júnior

      Amém, prezada Marlene!! Agradeço por participar e por dedicar parte de seu tempo na leitura dos estudos. Fique com Deus e ótimo final de semana.

  6. Maria Alves Fernandes

    Estou aprendendo e compreendemdo de forma que nunca tinha pensado e as vezes não nos explicam com tantos detalhes.maravilhoso..
    .
    .

    • Nelson Júnior

      Amém, prezada Maria Alves! Agradeço pela participação! Conte comigo se tiver dúvidas ou algum tema que queira saber à respeito. Fique com Deus!

Deixe um comentário