Dinossauros e a Bíblia: A teoria do intervalo!

Dinossauros e a Bíblia: A teoria do intervalo!

Será que a ciência está certa sobre a existência dos dinossauros? A Palavra de Deus fala algo sobre isso? Há uma forma de relacionar cerca de 6.000 anos de história bíblica com os “milhões” de anos que a ciência alega? Vamos descobrir?

A existência dos dinossauros:

Não podemos negar que esses seres viveram em nosso planeta no passado. A ciência evolui a cada dia, tentando desvendar os “mistérios” que envolvem este assunto intrigante, capaz de gerar muita polêmica entre a ciência e a fé.

Temos provas concretas de que esses animais gigantescos existiram um dia, porém, muitos dizem que a Bíblia nada revela sobre eles. Teriam realmente “dominado” o mundo em que vivemos há milhares de anos? Será que realmente não há nenhum relato Bíblico que explique estes fatos históricos? A contagem dos anos (narrados na Bíblia) e a suposta idade desses animais (revelados pela ciência) seriam possíveis? Poderia haver uma relação entre o que é afirmado na Bíblia e os estudos científicos?

Grandes animais viveram em nosso planeta. Veja um exemplo bíblico:

  • Contempla agora o beemote, que eu fiz contigo, que come erva como boi. Eis que sua força está nos seus lombos, e o seu poder, nos músculos do seu ventre. Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos. Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barras de ferro. Ele é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez o proveu da sua espada (Jó 40:15-19).

A afirmação científica:

A ciência afirma que os dinossauros viveram há milhares de anos na Terra. Segundo os cientistas, eles teriam dominado o mundo e foram extintos, devido o choque de um asteroide ou cometa com o planeta. Alguns estudos revelam até o local (aceito por parte dos cientistas) onde teria ocorrido a colisão (península de Yucatán no México, onde foi encontrada uma cratera de 100 km de diâmetro).

Após o choque, o asteroide teria provocado a explosão de rochas de calcário, liberando grande quantidade de gás na atmosfera terrestre. O dióxido de carbono teria provocado uma brusca elevação na temperatura global, tornando a Terra, inabitável para qualquer forma de vida (incluindo os dinossauros).

A teoria do intervalo:

De acordo com a teoria do intervalo, é perfeitamente possível encontrar uma relação entre as afirmações científicas e a revelação na Palavra de Deus.

Leia atentamente os relatos bíblicos e compare com a afirmação científica:

  • No princípio criou Deus os céus e a Terra (Gn 1:1).

Neste versículo, o verbo “criar” (no original), significa criar do nada (bara). Portanto, Deus criou todas as coisas através da Palavra. Esta afirmação está de acordo com o que diz nos versículos abaixo:

  • Pela fé, entendemos que os mundos, pela Palavra de Deus, foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente (Hb 11:3);
  • Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu (Sl 33:9).

Agora, vamos para Gênesis 1:2, onde diz:

  • E a Terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas (Gn 1:2).

Apesar de algumas versões afirmarem que a Terra “era” sem forma e vazia, também é possível (no original) traduzir como: a Terra “estava ou tornou-se” sem forma e vazia. O hebraico permite também esta tradução.

Veja os versículos a seguir:

  • Porque assim diz O SENHOR que tem criado os céus, O Deus que formou a Terra e a fez; Ele a estabeleceu, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada; Eu sou O SENHOR e não há outro (Is 45:18).

Ora, Deus não criou a Terra vazia, mas em Gênesis 1:2, vemos que ela estava sem forma e vazia. O que teria acontecido então?

Em Ezequiel 28:11-17 mostra que a Terra já era habitada por Satanás (segundo a teoria do intervalo). Essa afirmação estaria em concordância com o que foi dito por Jesus no Evangelho de Lucas:

  • E disse-lhes: Eu via Satanás, como um raio, cair do céu (Lc 10:18).

Juntando os fatos (à luz da teoria do intervalo):

Deus criou os céus e a Terra (não a criou sem forma nem vazia) e criou do nada, pela Palavra. Quando Satanás foi expulso e caiu neste mundo com sua legião de anjos, vemos que ele caiu como um raio (visto no céu). Alguns estudiosos entendem que esta queda teria causado uma catástrofe, deixando o planeta sem forma e vazio (acabando com a vida existente).

Nessa teoria, é afirmado existir milhares de anos entre o versículo 1 e o versículo 2 (Gn 1) e, desta forma, explicaria a existência dos dinossauros em nosso planeta. Satanás, por sua vez, poderia ter sido o suposto asteroide causador da extinção da vida terrestre.

Em Gn 1:3 em diante, vemos uma reconstrução ou restauração da Terra. O verbo utilizado agora no hebraico é asah=fazer (sentido de reconstruir).

Veja que, no primeiro versículo, o verbo é bara=criar do nada (Deus cria pela Palavra). No terceiro versículo, após a queda do diabo e a destruição terrestre, Deus começa um processo de restauração e o verbo utilizado é asah=fazer (utilizando algo já existente).

A existência dos dinossauros teria ocorrido nesse espaço de tempo, entre Gn 1:1 e Gn 1:2. Apesar das informações acima, muitos não aceitam essa teoria, ou pelo menos, parte dela.

Problemas com a teoria do intervalo:

Seria impossível descrever todos os problemas teológicos em um único artigo. Destacarei apenas três:

  • O pecado de Adão introduziu a morte no mundo. Como teria ocorrido a morte dos dinossauros antes de Adão pecar?
  • Em Gn 1:31, diz que Deus viu tudo que criara e que era muito bom! Como Ele teria dito isso se o mal já tivesse entrado no mundo com a queda de Satanás?
  • Se realmente tivesse existido algo de tamanha importância entre esses dois versículos, o Senhor não diria nada nas Escrituras?

Como o autor deste estudo se posiciona sobre esta questão?

Os dinossauros existiram e isso é fato! Quando Deus criou todos os seres vivos, não os criou filhotes para se desenvolverem. Ele os criou adultos (incluindo o homem e a mulher) e deu a ordem para se multiplicarem e encherem a Terra (Gn 1:21-31). Isso explica a possível idade que a ciência atribui aos grandes animais do passado. Com as águas do dilúvio, toda a humanidade e seres vivos que não entraram na arca de Noé, foram extintos! Entre os tais, estavam também os dinossauros!

É importante ressaltar que, a Bíblia não é um livro científico! Seu propósito não é alinhar a revelação de Deus aos fatos históricos, científicos ou cronológicos! A Palavra de Deus está acima da ciência, não o contrário!

Para meditar:

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra (Gn 1:26).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

22 Comments

  1. Nunca acreditei desta forma, mas confesso que fiquei confuso. A explicação que você deu faz sentido. Foi a mais coerente que encontrei!

  2. Nelson, bom dia!
    Posso utilizar este estudo na minha igreja?
    Estamos abordando temas científicos e gostei muito deste estudo.
    Se for possível, envie um e-mail, ok?

  3. Durante anos vi pessoas evitando o assunto por não conseguir explicar.
    Pela primeira vez, vi uma explicação muito boa!
    Parabéns.

  4. Jéssica Moura

    Olá Júnior

    Visitei uma exposição recentemente em São Paulo sobre dinossauros e fiquei pensando exatamente nisso. Todas as dúvidas que tinha, esclareci agora. Gostei muito do seu blog.

  5. A comparação de Satanas com o asteróide é muito boa! Muito interessante esta teoria!!!

  6. Concordo com a Miriam. A cada dia aprendemos um pouco mais.
    Não tinha ouvido nada igual!

  7. Aprendi mais um pouco hoje. Muito bom!

  8. Júnior, mostrei o estudo na minha igreja e todos gostaram muito!
    Essa era uma dúvida que eu tinha e não conseguia explicação.
    Finalmente a dúvida acabou. rsrs

  9. Que maravilha ver vc usando o dom que Deus te deu para abençoar pessoas.

    Parabéns….

  10. Irmão Nelson.

    Muito bom! Gostei demais dessa análise.

    Que O Nosso Senhor Jesus Cristo, O Mestre dos mestres, continue te abençoando para

    abençoar outras pessoas nesse mundo.

    E também concordo quando você diz que o conhecimento é o maior bem à nossa

    disposição e que ninguém pode roubá-lo. Na verdade, quanto mais você fornece

    conhecimento, mais você recebe.

  11. Oi lindo, como vai? Tenho acompanhado seu trabalho e estou gostando muito. Este estudo é muito interessante.

  12. Que incrível! A melhor explicação que já vi. Muito bom.

  13. Simplesmente a melhor explicaçâo que já li.
    Abraço meu irmâo.

  14. Quanto aos dinossauros está explicado. E o homem? Existira um homem antes de Adão? Como explicar a existência do
    homo sapiens? Responda-me por e-mail. Por favor

  15. não acho tão conveniente, pois como jó poderia conhecer o beemote , se ele foi destruído quando satanás foi lançado do céu e caiu na terra? o livro de jó foi escrito após o dilúvio.

    • Olá Adan, tudo bem?
      Primeiramente, quero agradecer por prestigiar o blog e principalemte por expor sua opinião! Fique à vontade para comentar e visitar sempre que desejar!
      Claro que o estudo acima não é uma verdade absoluta, mas é uma linha de pensamento de grandes estudiosos da Palavra por acreditarem que existe um grande espaço de tempo entre os versículos 1 e 2 de Gênesis.
      Sabemos que os dinossauros realmente existiram e a história humana data de cerca de 6.000 anos pra cá. Também sabemos que, um dia pra Deus, são como 1.000 anos e 1.000 anos, como um dia. Também sabemos que Deus criou tudo perfeito e pelo original em Hebraico, vemos que a Terra tornou-se ou ficou (em algumas traduções) sem forma e vazia (o que reforça a explicação).
      Você citou o beemote do livro de Jó, não é?
      Com a extinção dos dinossauros, não quer dizer que todos deixaram de existir instantaneamente. Muitos ainda sobreviveram e foram morrendo aos poucos porque não havia a luz solar, devido a grande nuvem de poeira que se abateu sobre a Terra (segundo a ciência). Também temos informações que, ainda hoje, existem alguns animais pré-históricos que resistiram bravamente a eventos catastróficos e adversidades tremendas e continuam vivendo (principalmente em grandes profundezas dos oceanos). Se ainda hoje temos tais animais, o beemote citado no livro de Jó não contraria o estudo (ainda que seja uma teoria).
      Lembro ainda que, o beemote é traduzido por hipopótamo em algumas versões da bíblia e muitos acreditam se tratar realmente de um animal desta espécie.
      Espero ter ajudado e conto com suas visitas, ok?
      Abraço!!!

  16. Muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *