Caráter cristão: Muitos não possuem!

Caráter cristão: Muitos não possuem!

O caráter cristão não está relacionado ao dom de línguas! Os dons são dados por Deus de acordo com Sua vontade e para algo específico. Portanto, a relação que existe entre o caráter e a língua, está exatamente na capacidade de controlá-la!

Análise da epístola de Tiago no capítulo 3:

  • Meus irmãos, não sejam muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor. Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo. Quando colocamos freios na boca dos cavalos para que eles nos obedeçam, podemos controlar o animal todo. Tomem também como exemplo os navios; embora sejam tão grandes e impelidos por fortes ventos, são dirigidos por um leme muito pequeno, conforme a vontade do piloto. Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha. Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniquidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno. Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar doma-se e é domada pela espécie humana; a língua, porém, ninguém consegue domar. É um mal incontrolável, cheio de veneno mortífero. Com a língua bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim! (Tg 3:1-10).

Importante:

Como vimos acima, o cristão deve buscar antes de tudo, a capacidade de controlar a língua! Um pequeno membro em nosso corpo que pode bendizer ou amaldiçoar; pode erguer e também derrubar uma pessoa! Infelizmente muitos têm feito mal uso desse membro!

Para meditar:

A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto (Pv 18:21).

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

3 Comments

  1. Irmão isso é realmente verdade. Ao controlarmos o que dizemos (e também o que pensamos em dizer) deixamos de amaldiçoar vidas, de trazer palavras de derrota e até mesmo de maldizer a Deus e aos cristãos. Quando somos do mundo, as pessoas não dão tanta importância ao que dizemos, mas quando carregamos a marca de Cristo, somos espelho e alvo de criticas, do tipo: nossa fala que é cristão, mas olha o que ele diz. Precisamos mesmo é fechar mais a boca e vigiar o que falamos e praticamos. Fica na Paz e obrigado por nos abençoar com mais um texto inteligente.

    • Nelson Júnior

      É verdade irmã!! Você salientou bem a questão do pensar. Afinal, quando pensamos, já pecamos.
      Muitos não conhecem o poder da palavra, não é? E como você bem disse, o cristão é referência e espera-se atitudes diferenciadas.
      Fique na paz, querida irmã! Fico grato por sua participação constante e pelos comentários que enriquecem os temas publicados.
      Deus é contigo, minha irmã!

  2. Carolina Bonfá

    Concordo plenamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *