Boa medida: Deem e lhes será dado?

Boa medida: Deem e lhes será dado?

Será que o texto de Lucas 6:38 fala sobre dinheiro? Dízimos? Do que se trata essa “boa medida” mencionada no texto? Como entender o “deem e lhes será dado”? Vamos verificar?

Para entendermos corretamente o que diz no texto, precisamos verificar o contexto em que foi aplicado.

Contexto em Lucas 6:37,38:

  • Não julguem, e vocês não serão julgados. Não condenem, e não serão condenados. Perdoem, e serão perdoados. Deem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem, também será usada para medir vocês (Lc 6:37,38).

Do que se trata a “boa medida” que nos será dada?

Muitos líderes religiosos, ao ler isoladamente o versículo, afirmam tratar-se de dinheiro. Contudo, esta afirmação não está correta! Neste caso, o contexto fala de perdão e generosidade! Vamos analisar os dois versículos juntos:

  • “Não julgue! Não condene! Perdoe!” ou “Também serás julgado! Também serás condenado! Também não serás perdoado!”

Note no vs.38 que Deus quer generosidade de nossa parte! “A medida que medirmos, será medida a nós também!” Mas, generosidade em quê? Em perdoar!

Veja este mesmo texto escrito em outra tradução:

  • Não bombardeiem de críticas as pessoas quando elas cometem um erro, a menos que queiram receber o mesmo tratamento. Não pisem nos que estão por baixo: a situação pode se inverter. Tratem todos com bondade, e a vida será muito melhor. Entreguem a vida! Vocês a receberão de volta, e não só isso: o retorno será cheio de recompensa e de bênçãos. Dar é o caminho, não ganhar. Generosidade produz generosidade (Lc 6:37,38 – versão A Mensagem).

Jesus ensinou o amor! Ele quer que sejamos generosos com o próximo, inclusive no perdoar! Façamos o bem, sem olhar a quem! Esta mesma medida será devolvida a nós! Quanto ao nosso galardão, não está neste mundo, mas sim, no céu!

Para meditar:

Generosidade produz generosidade!

Nelson Júnior – Portal Pela Fé

facebook.com/portalpelafe

www.portalpelafe.com

#PortalPelaFé

Atenção: Cópias do conteúdo deste site (integrais ou parciais) serão permitidas citando o nome do autor e também o link para esta página: www.portalpelafe.com

Adicionar a favoritos link permanente.

10 Comments

  1. Américo Leone

    Não sabia que este era o significado. Tudo ficou muito claro agora!

    • Nelson Júnior

      Amém, meu irmão. Acompanhe essa série. A cada semana, um versículo será explicado em seu contexto para tirar as pessoas do engano. Fique com Deus!

  2. João Batista Reformado

    Exatamente. Perfeito.

  3. Verdade irmão, em um outro texto seu ou em uma troca de mensagens nossas (não me lembro bem)falamos sobre o povo de Deus perecer por falta de conhecimento, e foi exatamente isso que pensei quando li esse artigo. Quantos irmãos já ouviram essa passagem no momento da oferta e não perceberam que o contexto bíblico era outro. Adorei o artigo, mai uma vez parabéns!!!!

    • Nelson Júnior

      Amém, minha irmã! É verdade, eu me lembro! A intenção em iniciar está série é exatamente para ajudar no entendimento das pessoas. Muitos leem versículos isolados e acabam cometendo equívocos (alguns muito graves) e destes equívocos, nascem muitas doutrinas heréticas. Agradeço por suas participações constantes. Elas enriquecem ainda mais o conteúdo. Fique com Deus, maninha!

  4. Que bênção de palavra. Como ficou claro essa mensagem, as pessoas tem que acordar e buscar na própria fonte da Palavra de Deus, as pessoas precisam se despertar e começar a ler todo o contexto. A Palavra quer nos libertar, mas nós temos que buscar conhecê-la.

  5. Então quais são os versículos que são específicos de dízimo e oferta?

    • Nelson Júnior

      Olá, prezada Mone! Com relação a dízimos para a igreja, nenhum! Peço que aguarde mais alguns dias, pois postarei um estudo específico sobre dízimos. Agradeço por sua participação. Fique com Deus.

Deixe um comentário